Navegar é preciso; viver não é preciso

 

Astrologia Horária

Apresentando uma técnica antiga e útil

por Patrícia Valente

Algumas pessoas já ouviram falar em Astrologia Horária, outras ainda não tiveram essa oportunidade. Este artigo pretende apresentar uma visão geral de mais este tema da Astrologia.

A Astrologia Horária é parte integrante da Astrologia Tradicional, cujo principal enfoque é previsional. Esta última era bastante praticada até o início do séc. XX, apesar de sua atuação necessariamente discreta e clandestina.

A Astrologia foi para a clandestinidade por conta de correntes filosóficas surgidas em fins do séc. XVII como o Empirismo, o Racionalismo cartesiano e o Positivismo. Seu ressurgimento das sombras deu-se somente no final do séc. XIX.

A Astrologia Horária ficou bastante conhecida através de William Lilly (1602-1681), médico e Astrólogo inglês que em 1651 previu a Peste de 1665 e o grande incêndio de Londres de 1666. A cidade teve sua maior parte consumida pelas chamas em apenas quatro dias. Por conta da previsão do incêndio, ele foi considerado suspeito e levado aos tribunais para se explicar sendo absolvido no final.

William Lilly foi autor da obra “Astrologia Cristã”, de 1655 e é considerado o principal expoente da Astrologia Horária. Na década de 1980 a Astróloga inglesa Olívia Barclay descobriu na Biblioteca de Londres um original desse livro e resgatou a prática da Horária.

Segundo Nicholas Devore, a Astrologia Horária é a arte de interpretar a relação existente entre os fenômenos gerados pelos movimentos dos corpos celestes e uma situação, evento ou pensamento.

A Horária responde apenas a questões concretas, objetivas e definidas. Nesta técnica não cabem interpretações psicológicas ou julgamentos morais. Os fatos predominam. É indicada para responder perguntas como mudar ou não de residência, comprar ou não um imóvel, saber de objetos perdidos ou pessoas desaparecidas, entre outras.

Para gerar um Mapa Horário não é preciso saber o horário de nascimento do cliente, o que facilita muito a consulta. O mapa é gerado a partir do dia, mês, ano, hora e local em que surgiu a pergunta ou dúvida para o cliente. De posse desse mapa o Artista, nome dado ao Astrólogo que pratica essa técnica, faz a interpretação. Chamamos de Arte a própria Astrologia Horária.

As ferramentas da Astrologia Horária são praticamente as mesmas da Astrologia praticada modernamente: Casas, Planetas, Signos, Aspectos, Dignidades e Debilidades Planetárias e Estrelas Fixas.

Essa técnica possui inúmeras e peculiares regras, porém simples e de fácil compreensão. A ênfase da interpretação é dada à Casa I ou Ascendente e à Casa relacionada ao tema da pergunta. Fazem parte dessa análise seus regentes, sua condição celeste e os aspectos que fazem e recebem.

À medida que nos aprofundamos no estudo de técnicas como as da Astrologia Horária, mais agregamos ao conhecimento da Astrologia moderna praticada por nós, Astrólogos do séc. XXI.

O tema é vasto, rico e contém inúmeras informações que não foram mencionadas neste artigo. Assim, sugerimos que aquele que se interessar aprofunde-se no estudo e na pesquisa dessa fantástica ferramenta astrológica.

Compartilhar: Facebook Google Buzz LinkedIn Orkut Twitter Email

Se você gostou deste texto e pretende usá-lo todo ou em partes, por favor, dê os devidos créditos (autoria e fonte) e me informe via e-mail. Além de me deixar muito feliz, atitudes como esta contribuem para tornar o mundo mais ético.

Contato

 

Para entar em contato comigo:
patricia@patriciavalente.com.br